Artesanato do NorteTextil

Bordado de Terras de Sousa

Sob a influência dos bordados de Guimarães e da lixa, nasceu o bordado de terras de Sousa no século XIX. Esta tradição iniciou-se no concelho de felgueiras, situado no distrito do Porto.

Originalmente, este tipo de bordado era sempre feito a partir do linho e do algodão, mas hoje em dia é escolhido o tecido a usar consoante o destino do bordado (seja para vestuário, uso doméstico, etc..), estas peças sempre foram baseadas em tons de branco, embora que hoje já se veja algumas com enfeites de tom azul ou vermelho. Neste bordado há vários pontos utilizados, agrupados em categorias, entre eles estão: espinhas; crivos; bainhas; pontos reais, adamascados ou pontos de fundo. Derivado a este artesanato ter ficado tão conhecido, foram criadas casas de bordados para que as artesãs pudessem praticar o bordado. Estas artesãs afirmam que há peças que passam por muitas casas até serem acabadas, estas dizem que em cada casa é feita um ponto, numas são feitas as bainhas, noutras os crivos, e por aí adiante.

Pode-se afirmar então que esta arte reúne pessoas, é uma cultura em que as pessoas podem conviver umas com as outras, unidas pelas peças que fazem em conjunto. Cada peça carrega não só o trabalho duma artesã, mas também o amor da tal, o carinho, e o tempo oferecido para a produção da peça.

A produção destes bordados é tradicionalmente feita da esquerda para a direita. Para a produção destes artigos é feita uma marcação e é desfiada uma base de linho, após isto é feito um fechamento de recorte simples, de seguida é bordado o crivo na área desfiada. Estas artesãs fazem da sua arte algo unicamente belo, sempre na perspectiva de não deixar a sua arte ficar mal vista, e da passar ao próximo. Estas só podem estar orgulhosas com todo o seu empenho que por tanto tempo tem dado frutos. Podemos afirmar que esta arte amada por tantos, ainda tem muito potencial para oferecer.

Encontre esta peça de artesanato na nossa loja

Visitar