Artiroots

Cerâmica de Alcobaça

Peças constituídas por grande beleza e originalidade, facilmente identificadas através dos seus tons amarelos, verdes, encarnados, violetas e pelo seu fundo predominantemente azul.

Bonecos de Estremoz

Os “Bonecos de Estremoz” classificados como uma arte de carácter popular, com mais de três séculos de história, foram o primeiro figurado do mundo a merecer a distinção de Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

Bonecas da Nazaré

Bonecas vestidas a rigor com as tradicionais sete saias nazarenas, a que lhes são atribuídos significados bíblicos, míticos e mágicos que envolvem o número sete.

Barros Flor da Rosa

Flor da Rosa é chamada de “Terra dos Oleiros”, nome derivado do facto de se produzirem lindas peças de artesanato cerâmico.

Barro preto de Olho Marinho

Esta arte é toda produzida com originalidade, do inicio ao fim. O barro é pessoalmente cavado, moldado na roda do oleiro e, enfornado e cozido num forno a lenha. Tornando assim esta arte mais trabalhosa, mas também mais amada, devido ao tempo oferecido para a produção destas peças.

Barro de Vilar de Nantes

Vilar de Nantes é conhecida como a “Terra dos púcaros de barro preto” derivado às suas belas peças de artesanato. As peças ganham a sua cor negra enquanto são cozidas, toda a fumaça da madeira consome as peças e dando assim uma cor escura às mesmas.

Figurado de Barcelos

É composto por figuras da mais pura criatividade, que representam cenas de cariz religioso e festivo, cenas referentes à vida quotidiana de diferentes épocas, e figuras do imaginário das quais se destaca um dos mais conhecidos e carismáticos símbolos de Portugal, o famoso Galo de Barcelos.

Cerâmica das Caldas da Rainha

Foi sobre o reinado de D. João II que surgiu a Cerâmica das Caldas da Rainha, uma das mais reconhecidas e notáveis tradições de cerâmica.